Blog / Eventos

Graciliano Ramos ser o homenageado da FLIP 2013, 11 edio da Festa Literria Internacional de Paraty, Rio de Janeiro – RJ

Publicado em 01 d setembro d 2012

GR na FLIP 2013(Do blog da FLIP) Novamente com curadoria do jornalista Miguel Conde, a 11 edio da Festa Literria Internacional de Paraty ser realizada entre os dias 3 e 7 de julho de 2013 e celebrar a obra de Graciliano Ramos.

No prximo dia 27 de outubro se completam 120 anos do nascimento do autor, natural de Quebrangulo, Alagoas. Escritor, jornalista e poltico, Graciliano Ramos teve uma vida em que a literatura e a poltica se entrelaaram e, no raro, as convices e atividades polticas inspiraram suas obras de forte contedo social.

Memrias do Crcere revela sua amarga experincia no perodo em que esteve preso durante a ditadura de Getlio Vargas, em 1935, acusado de subverso. Vidas Secas, um de seus mais celebrados trabalhos, retrata, por meio de um relato indignado, as agruras dos retirantes nordestinos castigados e humilhados pela seca.

Os escritores homenageados nas edies anteriores da Flip foram Vinicius de Moraes (2003), Guimares Rosa (2004), Clarice Lispector (2005), Jorge Amado (2006), Nelson Rodrigues (2007), Machado de Assis (2008), Manuel Bandeira (2009), Gilberto Freyre (2010), Oswald de Andrade (2011) e Carlos Drummond de Andrade (2012).

Fonte: blog da FLIP.

Veja mais na categoria Eventos

CONHEÇA A OBRA DE GRACILIANO RAMOS

  • Caets (1933)
  • Caets  edio especial 80 anos (2013)
  • S. Bernardo (1934)
  • Angstia (1936)
  • Angstia – edio especial 75 anos (2011)
  • Vidas Secas (1938)
  • Vidas Secas – edio especial 70 anos (2008)
  • Vidas Secas – em quadrinhos (2015)
  • Infncia (1945)
  • Insnia (1947)
  • Memrias do Crcere (1953)
  • Viagem (1954)
  • Linhas Tortas (1962)
  • Viventes das Alagoas (1962)
  • Garranchos (2012)
  • Cangaos (2014)
  • Conversas (2014)
  • A Terra dos Meninos Pelados (1939)
  • Histrias de Alexandre (1944)
  • Alexandre e Outros Heris (1962)
  • O Estribo de Prata (1984)
  • Minsk (2013)
  • Cartas (1980)
  • Cartas de Amor a Helosa (1992)
  • Dois Dedos (1945)
  • Histrias Incompletas (1946)
  • Brando entre o Mar e o Amor (1942)
  • Memrias de um Negro (1940) Booker T. Washington, traduo
  • A Peste (1950) Albert Camus, traduo

Queria endurecer o corao, eliminar o passado, fazer com ele o que fao quando emendo um perodo riscar, engrossar os riscos e transform-los em borres, suprimir todas as letras, no deixar vestgio de idias obliteradas.

Memrias do Crcere, cap. 5