Trabalhos acadmicos

As marcas de um autor revisor, por Thiago Mio Salla

Publicado em 28 d março d 2017

As Marcas de um Autor Revisor – Graciliano Ramos Roda dos Jornais e das Edies de seus Prprios Livros

Neste artigo, Thiago Mio Salla, professor da ECA/USP e organizador, juntamente com Ieda Lebensztayn, de Cangaos e Conversas (Record, 2014), recupera a trajetria de Graciliano Ramos na imprensa como revisor de textos, bem como discorre sobre a meticulosidade do trabalho realizado pelo autor alagoano na reviso das provas tipogrficas de seus prprios livros.

O presente texto foi publicado originalmente no quinto nmero da revista Livro (nov. 2015), publicao do Ncleo do Estudos do Livro e da Edio (NELE) da USP.

O texto pode ser baixado aqui.

Veja mais na categoria Trabalhos acadmicos

CONHEÇA A OBRA DE GRACILIANO RAMOS

  • Caets (1933)
  • Caets  edio especial 80 anos (2013)
  • S. Bernardo (1934)
  • Angstia (1936)
  • Angstia – edio especial 75 anos (2011)
  • Vidas Secas (1938)
  • Vidas Secas – edio especial 70 anos (2008)
  • Vidas Secas – em quadrinhos (2015)
  • Infncia (1945)
  • Insnia (1947)
  • Memrias do Crcere (1953)
  • Viagem (1954)
  • Linhas Tortas (1962)
  • Viventes das Alagoas (1962)
  • Garranchos (2012)
  • Cangaos (2014)
  • Conversas (2014)
  • A Terra dos Meninos Pelados (1939)
  • Histrias de Alexandre (1944)
  • Alexandre e Outros Heris (1962)
  • O Estribo de Prata (1984)
  • Minsk (2013)
  • Cartas (1980)
  • Cartas de Amor a Helosa (1992)
  • Dois Dedos (1945)
  • Histrias Incompletas (1946)
  • Brando entre o Mar e o Amor (1942)
  • Memrias de um Negro (1940) Booker T. Washington, traduo
  • A Peste (1950) Albert Camus, traduo

“Os dados biogrficos que no posso arranjar, porque no tenho biografia. Nunca fui literato, at pouco tempo vivia na roa e negociava. Por infelicidade, virei prefeito no interior de Alagoas e escrevi uns relatrios que me desgraaram. Veja o senhor como coisas aparentemente inofensivas inutilizam um cidado.”

em carta a Ral Navarro, tradutor, nov.1937